Volver a los 17 – Mulheres e a Revolução

Na próxima segunda, 20 de março, acontece no IFCS/UFRJ (Lgo. de São Francisco – Centro do Rio) a mesa de debates “Mulheres e a Revolução”, com mediação da candidata a coprefeita Luciana Boiteux e a participação de Marielle Franco, Claudia Santiago, Danielle Jardim, Clara Saraiva, Juliana Fiuza e Samara Castro.

Inaugurando o ‘Volver a los 17 – revisitando a Revolução Russa’, ciclo de atividades promovidas pelo Psol Carioca em memória dia 100 anos da Revolução de 1917, a mesa ‘Mulheres e a Revolução’ pretende debater os desafios das feministas socialistas ontem e hoje.

Vivemos um momento histórico para o movimento de mulheres no Brasil e no mundo. Em uma conjuntura de crise política e econômica e reorganização da esquerda, as mulheres têm construído movimentos amplos de resistência, com intensa mobilização social e capacidade de disputa política real.

Depois da primavera feminista, do fora cunha, das manifestações contra a cultura do estupro e a violência contra a mulher, as mulheres agora nesse 8 de Março provaram que serão protagonistas na resistência contra a reforma da previdência e os pacotes de ajuste federal e estadual.

Estamos na linha de frente dos principais processos políticos no Brasil, na América latina e em todo o mundo, o que nos coloca grandes desafios e responsabilidades.

Conhecer a história do movimento feminista no mundo é conhecer a nossa história e nesses 100 anos da Revolução Russa é fundamental olhar para traz e refletir sobre os desafios que as mulheres socialistas encontraram então, no que avançamos e como devemos superar os desafios de agora.

Vamos discutir o papel desempenhado pelas mulheres no desenrolar dos eventos que levaram à revolução, como o debate sobre o feminismo se relacionava com a concepção de socialismo da época e explorar as origens históricas do dia internacional das mulheres, o 8 de março.

O que mudou de lá pra cá? Vamos refletir sobre a história do movimento de mulheres internacional e a relação que este estabeleceu com o movimento geral de trabalhadores e trabalhadoras ao longo do século XX, as diferentes concepções de feminismo que se desenvolveram desde então e os desafios que encontramos enquanto feministas socialistas tanto para a superação dos ataques imediatos que estamos sofrendo sobre a garantia dos nossos direitos, quanto para a construção de um projeto de sociedade que ponha fim à toda forma de opressão e exploração.

Realização: Psol Carioca e setorial estadual de mulheres do PSOL.

Mediação: Luciana Boiteux – jurista e militante do setorial de mulheres do PSOL

Mesa:

Marielle Franco – socióloga e vereadora pelo PSOL
Cláudia Santiago – comunicadora popular do Núcleo Piratininga de Comunicação
Danielle Jardim – historiadora e militante feminista da Insurgência/PSOL
Clara Saraiva – estudante e militante feminista do MAIS
Indianara Siqueira – suplente de vereadora do PSOL e militante Casa Nem
Juliana Fiuza -diretora do andes militante da NOS
Samara Castro – advogada Psol/RJ e militante do Juntas!

PSOL Carioca

Site oficial do Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade da Cidade do Rio de Janeiro #50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *