Capital do samba solta a voz pelas Diretas

Berço de duas das mais tradicionais escolas de samba do Rio, Madureira teve um típico domingo, com música espalhada pelas ruas do bairro, conhecido como a Capital do Samba. Mas entre tantas boas batucadas, uma tinha sabor especial. No palco montado na emblemática Praça Paulo da Portela, o ato “Subúrbio pelas diretas” convocou, neste domingo, dia 4, diversos artistas suburbanos – como Monarco, Dorina, Gabrielzinho do Irajá e Deise do Banjo – para reforçarem, por meio da música popular, a exigência de eleições diretas para a presidência da República.

Como já tinha ocorrido em Copacabana na semana anterior, as atrações musicais se entrelaçaram em discursos políticos, feitos por profissionais da música, parlamentares, sindicatos e movimentos sociais. A impressão que dava é que faltaria noite para tanto artista que se prontificou a participar -prova de que o grito pelas diretas está na voz de muitas vozes.

“Partideiros de primeira cantando pela democracia do Brasil, contra a lama Temer. Esse primeiro domingo de junho nos encheu de esperança e luminosidade”, comentou Chico Alencar, deputado federal do Psol.

O ato começou à tarde com uma caminhada por ruas do bairro e encerrou por volta das 21h com as apresentações de BNegão e Julião do Jorge Turco. Assista:

Por Manuela Trindade, Mandato Coletivo Tarcísio Motta
Foto: Dorina Barros

PSOL Carioca

Site oficial do Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade da Cidade do Rio de Janeiro #50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *