Cultura

Raphael Medeiros
Raphael Medeiros

Sim, é possível termos políticas culturais mais democráticas que valorizem toda a diversidade do Rio. Atualmente, os espaços de cultura estão concentrados na Zona Sul e Centro da cidade. A luta por um Rio mais democrático passa também pela construção de uma nova política cultural para a cidade. Queremos aumentar esses espaços em todas as regiões, principalmente na Zona Norte e Oeste, ocupar as ruas e praças com cultura, incentivar a expressão de artistas de toda a cidade e fortalecer as manifestações das favelas e periferias.


Conheça algumas de nossas propostas:

  • Fortalecer o Conselho Municipal de Cultura dando-lhe estrutura e capacidade de deliberar sobre as políticas públicas de cultura da cidade;
  • Mudar a política de editais da prefeitura para fomentar a produção cultural permanente;
  • Ampliar os pontos de cultura em todos as regiões da cidade, começando pelas zonas Norte e Oeste;
  • Criar o Conselho Popular de Gestão da RioFilme para democratizar a atuação do órgão;
  • Estabelecer política de financiamento e apoio às mídias populares e alternativas, desenvolvendo o Plano Diretor de Radiodifusão Comunitária;
  • Criar Centrais Públicas de Comunicação, ou pontos de mídia, em cada região da cidade para integrar os telecentros, rádios comunitárias, escolas e centros educacionais, pontos de cultura e outros equipamentos culturais do município, começando pelas Zonas Norte e Oeste;
  • Integrar as políticas de cultura e educação para transformar as escolas em polos de preservação da memória dos bairros e promoção da cultura popular;
  • Incentivar a criação de cineclubes nas escolas municipais, começando pelas Zonas Norte e Oeste.

Veja o nosso programa completo.

Quer opinar sobre alguma proposta e dar outras ideias? Entre aqui. 🙂

PSOL Carioca

Site oficial do Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade da Cidade do Rio de Janeiro #50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *