Festival Justiça por Marielle e Anderson

“Eu sou porque nós somos”

Nesta quinta-feira, 14 de Março, completa um ano do atentado político à democracia que executou Marielle Franco, 38, vereadora do PSOL Carioca e seu motorista, Anderson Gomes. Apesar da dor, não nos calaremos e sim, celebraremos a força de uma guerreira covardemente assassinada por um modelo político de atuação criminosa já denunciada pelo PSOL há anos pelas CPIs das Milícias, das Armas e dos Autos de Resistência. Estaremos nas ruas para homenagear nossa querida companheira e o trabalhador também assassinado naquela fatídica noite de 2018.  Precisamos da força da sociedade que se indignou com essa covardia contra uma mulher eleita, uma liderança que surgia para um Brasil renovado que começava a ouvir Marias, Mahins, Marielles e malês.

Mari - Mulheres
Durante todo dia acontece o Festival Justiça por Marielle e Anderson :: 14 de março. No final, a Cinelândia recebe das 16h às 22h várias participações e atrações culturais. Mulheres, mulheres negras, trabalhadoras de várias matizes sociais protagonizam o ato com apresentação de samba, hip hop, jongo, tambores afros e depoimentos de entidades, movimentos sociais e representações políticas. Exigimos saber QUEM MANDOU MATAR MARIELLE? PORQUÊ mataram uma mulher, negra, lésbica, cria da Maré, defensora dos direitos humanos, socialista, quinta pessoa mais votada nas eleições municipais do Rio (2016)? Justiça por Marielle e Anderson!

Mari - Quem matou

AMANHECER, MISSA E AULA PÚBLICA

 A primeira atividade será o Amanhecer por Marielle e Anderson, com homenagens em praças e vias da capital, região metropolitana e interior do estado do Rio. Alguns eventos já estão marcados no Facebook – saiba se já tem no seu bairro ou proponha umNo Estácio, local do crime, a partir das 8h acontece um Amanhecer especial com flores, grafites e manifestações. Às 10h, na Candelária, a família de Marielle participa de missa com presença de outras lideranças religiosas. Na parte da tarde, a professora da PUC/RJ, Thula Pires, apresenta aula pública “Eu Sou Porque Nós Somos” em memória de Marielle Franco e Anderson Gomes na Cinelândia, 14h.

Evento no Facebook: http://bit.ly/festmarianderson

PROGRAMAÇÃO

00H – Amanhecer por Marielle e Anderson – RJ

Com a ajuda de todos, vamos construir um lindo Amanhecer, enfeitando as praças mais próxima, para lembrar a toda população que não descansaremos enquanto esse crime seguir sem apresentar todas as respostas. O legado de Marielle não será interrompido! Inscreva sua atividade através do formulário: https://goo.gl/forms/VO3FWcj3Z0XrJVxD3

10h – Missa Candelária

14h – Aula Pública: Eu Sou Porque Nós Somos :. 14/03 .: 8h

Com Thula Pires, mulher preta de Asé, professora de Direito Constitucional e coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Reflexão e Memória Afrodescendente da PUC/RJ ministrando a aula magna “Eu Sou Porque Nós Somos” em memória de Marielle Franco e Anderson Gomes.

16h – Ato Politico e Cultural, na Cinelândia.

E para fechar o dia, teremos ato na Cinelândia com diversas apresentações culturais em homenagem a Marielle e ao Anderson (programação).

O legado de Marielle não será interrompido!

 

Artes para baixar e imprimir:
http://bit.ly/artespormarielle1
http://bit.ly/amanhecer14

No instagram e Twitter, use as hashtags:
#AmanhecerPorMarielleeAnderson

#QuemMandouMatarMarielle

PSOL Carioca

Site oficial do Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade da Cidade do Rio de Janeiro #50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *