MARIA DOS CAMELÔS 50014

Maria dos Camelôs tem 46 anos, nasceu em Caratinga-MG e é de família de agricultores sem-terra. Veio morar em Japeri, no Rio de Janeiro, e aos 12 anos já trabalhava como doméstica.

Há 25 anos tornou-se camelô. Em 2003, ainda no resguardo de uma gravidez, foi agredida pela Guarda Municipal. Ao sair do hospital reuniu um grupo de 24 camelôs e fundou o Movimento Unido dos Camelôs (MUCA).

Integra a UNICAB e foi da delegação brasileira na eleição da StreetNet Internacional, no Quirguistão, onde trocou experiência com trabalhadores de diversos continentes.

Maria dos Camelôs morou na ocupação Chiquinha Gonzaga e militou ativamente no Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio contra as remoções, denunciando as violações de direitos humanos em função da Copa 2014 e Olimpíadas 2016.

Agora, ela quer conquistar uma vaga na Câmara Municipal do Rio para colocar em pauta a necessidade de resposta urgente para a informalidade crescente e outros temas que afetam os pobres e oprimidos.

BANDEIRAS E LUTAS

Moradia | Direitos Humanos | Feminismo | Negritude | Trabalho Informal

SIGA A MARIA DOS CAMELÔS NAS REDES SOCIAIS: