SOCORRO DA NUTRIÇÃO – 50029

Foto Socorro da Nutrição é candidata a vereadora do Rio de Janeiro pelo PSOL na coligação Mudar é possível.

Número de URNA: 50029

Facebook

“Na luta por melhores condições de trabalho para o nutricionista e pela saúde do povo carioca. Sou Mariá Valentim, nutricionista com orgulho.”

Temas defendidos: 

01 – Tornar Projeto de Lei – PCNSO – Programa de Controle Nutricional da Saúde Ocupacional
Objetivo:
• Amparo à saúde do trabalhador e melhor produtividade profissional.
 Tornar obrigatório o diagnóstico nutricional no atestado de saúde ocupacional (ASO), condicionando processo admissional, demissional e retorno ao trabalho.
 A nutricionista atuará na prevenção e tratamento de doenças crônicas que necessitam de acompanhamento nutricional, tais como, HAS, DM, Hiperdislipidemias, DAC, entre outras) que contribuem prolongando o tempo de afastamento do trabalho por problemas de saúde, aumentando absenteísmo nas empresas.
 Incentivar pesquisas técnicas e especialização em Nutrição do Trabalho.
02 – Tornar obrigatório a inclusão da disciplina Educação Nutricional no âmbito das escolas da rede municipal e estadual, em acordância com o projeto de lei 357/2015 que tramita no senado federal, dispondo entre outras medidas a promoção de ações para alimentação e nutrição adequadas à criança e adolescente.
Objetivo:
• Acesso à Educação Nutricional. Aumentando a perspectiva para uma população mais saudável. Contribuir para diminuição de restrições alimentares.
 Inclusão do profissional nutricionista na rede pública e privada de educação. Realizando campanhas de educação nutricional e acompanhamento de casos críticos em distúrbios alimentares, tais como: desnutrição, bulimia, anorexia e compulsão por alimentos.
 Aumentar a fiscalização e incentivo nas cantinas escolares. Tornando obrigatória a disponibilidade de alimentos mais saudáveis.
03- Tornar Decreto de lei no Estado do Rio de Janeiro, a Resolução CFN 380/2005, que atribui parâmetros numéricos de referência para nutricionistas por área de atuação. Pode ser estendido a outros profissionais que compõe a rede multidisciplinar de assistência em saúde, tais como, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e educadores físicos. Conforme resoluções normativas de seus respectivos conselhos federais.
Objetivo:
• Atender as necessidades básicas de assistência em saúde. Fazer cumprir o direito do cidadão à saúde. Atribuir a categoria melhores condições de trabalho.
 Estendendo o campo de atuação e ampliando o número de vagas abertas para nutricionistas e outros profissionais de saúde.
04 – Diminuir a carga horária do nutricionista de quarenta e quatro horas semanais para vinte e quatro horas por o piso salarial.
Objetivo:
• Ajustar carga horária, conforme estatuto de outros profissionais da área de saúde, tais como, médicos, enfermeiros e assistentes sociais.
 Relacionar carga horária x piso salarial, conforme disposições de referência numérica profissional por campo de atuação. Resolução CFN 380/2005.
05 – Melhoria de reajuste do piso salarial da nutricionista, da forma que possa ser reajustado.
Objetivo:
• Valorização profissional. E melhoria de condições de trabalho, bem como da qualificação do profissional.
 Estabelecer proposta em conjunto com o SINERJ, conforme o cenário econômico atual, a fim de evitar que haja diminuição da oferta de emprego para os profissionais.
06 – Criminalização e multa, aplicada aos profissionais que exercerem ilegalmente a profissão de Nutricionista, bem como empresas que se associem a estes profissionais formalizando contratos em que suas atividades sejam atribuições exclusivas do nutricionista.
Objetivo:
• Fornecer a população profissional qualificado para elaboração de programas alimentares, que tenham vasto conhecimento sobre distúrbios alimentares, tratamento nutricional nas doenças crônicas e suplementação nutricional.
• Garantia da qualidade de refeições servidas em hotéis, restaurantes, refeições transportadas e produção industrial de alimentos.
 Atuação exclusiva do nutricionista, conforme sua qualificação técnica:
 Dietoterapia, composição química dos alimentos, técnica dietética, nutrição esportiva e tecnologia dos alimentos.
07- Inclusão obrigatória de um profissional Nutricionista no Programa de Saúde da Família (PSF), realizando avaliação nutricional, diagnóstico nutricional e prescrição de dieta de acordo com as patologias apresentadas em conjunto com diagnóstico médico.
Objetivo:
• Atendimento de saúde complementar, prevenindo doenças e auxiliando no tratamento destas, com orientação nutricional adequada.
 Com abertura de concurso público para profissional na área.
08 – Inclusão em número adequado de nutricionista, fonoaudiólogo e fisioterapeuta na rede pública ambulatorial, com acompanhamento mensal dependendo do quadro patológico do paciente.
Objetivo:
• Aumentar o acesso da população aos profissionais que compõe o corpo auxiliar de saúde.
 Aumentando o quantitativo de profissional, conforme a demanda populacional.
09- Incentivo fiscal a produção, distribuição e consumo de alimentos orgânicos e derivados da agricultura familiar, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro. Considerando produção orgânica, conforme disposições da Lei 10831/2003.
Objetivo:
• Ampliar o consumo de alimentos comprovadamente orgânicos, diminuindo seu preço final ao consumidor, desestimulando o uso de agrotóxicos para aumento da safra e competição de mercado.
 Através da isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para produtos oriundos da produção orgânica. Desde que ajustados conforme as diretrizes normativas do Decreto de lei 6323/2007 que estabelece:
 Contribuição da rede de produção orgânica ao desenvolvimento local, social e econômico sustentáveis;
 Manutenção de esforços contínuos da rede de produção orgânica no cumprimento da legislação ambiental e trabalhista pertinentes na unidade de produção, considerada na sua totalidade;
 Desenvolvimento de sistemas agropecuários baseados em recursos renováveis e organizados localmente;
 Incentivo à integração da rede de produção orgânica e à regionalização da produção e comércio dos produtos, estimulando a relação direta entre o produtor e o consumidor final;
 Dignidade na alimentação no sistema prisional.

Sou Manauara, nascida na Cidade de Manaus.

Cedo iniciei minha vida profissional onde exerci diversas atividades, sendo a maioria na área de vendas.

Por conta do meu profissionalismo, conquistei vários clientes que se transformaram em amizades que mantenho até hoje.

Na busca da realização profissional, dei início a graduação em Publicidade e Propaganda já no Rio de Janeiro. Infelizmente, fui vítima da violência na Cidade em pleno dia 31 de dezembro. Um assalto me deixou sem andar por um longo período devido a um tombo que levei durante, e que, fraturou duas vértebras.
Consegui me recuperar e dei início ao curso de Nutrição, pelo qual logo me apaixonei.

Finalmente graduada, percebi as dificuldades que haviam na tão sonhada profissão, então, tomei a decisão de voltar para o Rio de Janeiro, cidade que amo.
Não tenho medo de desafios, pelo contrario sou movida por eles. Meu primeiro emprego na Cidade foi embarcada em Plataforma de Petróleo, onde trabalho desde então.

Hoje me proponho a ser Vereadora para contribuir com o crescimento da minha categoria e oportunizar melhores condições de trabalho na área. Acredito que assim, todos os cariocas serão beneficiados visto que uma boa alimentação é a base para a saúde. Dessa forma, peço que você carioca, dê um voto de confiança a sua saúde votando em Mariá Valentim, 50029.