TARCÍSIO MOTTA

Tarcísio Motta é vereador do Rio de Janeiro pelo PSOL. Ele foi eleito para seu primeiro mandato com 90 mil 473 votos. Atualmente, faz parte da Comissão de Educação e Cultura da Câmara do Rio.

Entre em contato com o mandato pelas redes sociais:

Facebook

Twitter – @MottaTarcisio

Instagram – @tarcisiomottapsol

“Só a Luta Muda a Vida”

Tarcísio Motta é vereador na cidade do Rio de Janeiro e candidato ao governo do estado pela Coligação Mudar é Possível PSOL – PCB. Ao seu lado concorre outra professora, Ivanete Silva. Acesse o site da campanha: TarcisioeIvanete50.com.br

Motta é professor licenciado do Colégio Pedro II. Seu mandato se destaca em diversas frentes: integra as comissões permanentes de Educação e de Cultura, preside a Comissão Especial de Carnaval e integrou a CPI dos Ônibus, pela qual denunciou uma série de irregularidades entre empresários e o poder público. Em 2014, foi candidato a governador do Rio de Janeiro, também pelo Psol, e conquistou o quinto lugar na eleição, com 712.734 votos.

Filho de operários, nasceu em Petrópolis em 1975. Sua trajetória política começou na sua cidade natal, militando na Pastoral da Juventude. A carreira de historiador começou em 1998, com a formatura no curso de História da Universidade Federal Fluminense (UFF), onde também fez mestrado (2002) e doutorado (2009).

Em 1999, ingressou como professor de História na rede estadual e no município de Duque de Caxias, onde também foi diretor do Núcleo Duque de Caxias do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe). Eleito também para a direção estadual do mesmo sindicato (2006-2012), atuou prioritariamente na análise dos orçamentos públicos e na discussão das políticas públicas para a educação implantadas pelos governos estadual e municipais.

Participou da reorganização do Fórum em Defesa da Escola Pública (Fedep), que reúne mais de 40 movimentos sociais. Trabalhou ainda em escolas da rede privada e foi professor substituto na UFF em 2003 e 2004.

Em 2005, foi aprovado em concurso público para o Colégio Pedro II. Estudioso da história agrária no Brasil, lecionou na Escola Nacional Florestan Fernandes (MST), em Guararema (SP) em 2009. Integrou o Núcleo de Organização Socialista, composto por militantes da Baixada Fluminense, e contribuiu decisivamente para a formação do Setorial de Educação do Rio de Janeiro.